Translate

quarta-feira, 14 de setembro de 2016

ACORDA NEGA! por Cris Couto

ENCAMINHAR

Gente, sempre fico encantada em perceber como as palavras são belas!
Quando as pessoas que amo passam alguma situação difícil, provação ou turbulência na vida, costumo dizer:

Persevere! Com calma as coisas se encaminham.

Calma, não quer dizer parado ou em repouso. Mas sim, a necessidade de serenidade e tranquilidade para passar, a bom termo, as provações de determinados momentos de nossa vida. Como diz a canção:

Tudo é uma questão de manter a mente quieta, espinha ereta e coração tranquilo.
(autoria de Walter Franco, na voz de Lelia Pinheiro ou Pato Fu ficou linda!)

E, por isso, a ação das revoluções e mudanças de nossa vida precisam ser calcadas no perseverar.
Retroceder nunca, render-se jamais!
(título inspirador de filme com Van Damme, lançado em 1986)

Agora, veja a beleza da palavra encaminhar: EN + CAMINHAR. Em caminho, no caminho.
Após mudanças, ainda mais após grandes e turbulentas mudanças, é necessário que continuemos caminhando para que os encaminhamentos que desejamos aconteçam.
          Se ficarmos estáticos, parados diante das provações e turbulências, acumulamos sofrimentos no corpo e na alma na forma queixas e lamentações corrosivas e nos impedimos de criar novas oportunidades, outras possibilidades de renovação e felicidade em nossa vida.
Assim, finalizo este texto renovando a leitura do poema Antônio Machado:

Caminhante, são teus passos
o caminho e nada mais;
Caminhante, não há caminho,
faz-se caminho ao andar.
Ao andar se faz caminho,
e ao voltar a vista atrás
se vê a senda que nunca
se voltará a pisar.
Caminhante, não há caminho,
mas sulcos de escuma ao mar.
(Antonio Machado,  poema XXX de Proverbios y cantares, 1983)

Cris Couto, 14/09/2016


Sou Cris Couto: mulher, negra mãe e escritora.
Publico no blog Flor do Dia: Coletivo do Bonde às quartas-feiras
Gostou? Leia outros textos meus em:
https://www.facebook.com/criscouto1010/

2 comentários: